- Colecção: Tudo Ficção
 - Estado: Muito Bom
 - Páginas: 304
 - ISBN/CB: 9727102379
É imprescindível ler Daniel Pennac, escritor policial, social, humorístico, espirituoso à boa maneira francesa, ultramoderno no conhecimento e na análise que faz do mundo de hoje. Neste romance divertidíssimo e encantador, A Vendedora de Prosa é uma editora onde trabalham eruditos africanos - a rainha Zabu, Loussa de Casamance, senegalês, a secretária Mâcon e a personagem central da história, o investigador de vidas Benjamim Malaussène, centro por sua vez de uma família terna e fabulosa e ligada a vários mundos parisienses
Não inferior a Simenon, Daniel Pennac é também poeta por vezes e poeta do amor, à maneira de Peynet e de Boris Vian; ironista constante, criador de uma prosa fresca, tumultuosa e original
Várias intrigas se cruzam nesta longa narrativa (mais de 300 páginas) de que o juiz Saint Héver é herói e mártir; Julie a mulher amada de Malaussène, e onde surgem ministros, escritores «fabricados», sessões de lançamento de livros, entrevistas, uma sátira engraçadíssima ao mundo da edição, ao fabrico de mitos publicitários
Livro que nos faz rir, que nos encanta pela sensibilidade. Um êxito no género.


A Vendedora de Prosa

  • Editora: Terramar
  • Autor: Daniel Pennac
  • ISBN-CB: 15043
    Páginas:
    Estado: Muito Bom
    Loc:
  • Situação: Disponivel
  • 8,95€

Voltar